Thank You For The Venom — Anya's Diary

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Thank You For The Venom — Anya's Diary

Mensagem por Anya K. Romanov em Seg Maio 25, 2015 5:08 pm


thank you for the venom




anastasia kara nikolevna romanov. anya. twenty one. resistance. political sciences. rebel. girl who playes with dark magic.


robb stark
avatar
Mensagens : 6

Data de inscrição : 24/05/2015

THE RESISTANCE
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Thank You For The Venom — Anya's Diary

Mensagem por Anya K. Romanov em Qua Maio 27, 2015 5:19 pm


foreword,
O primeiro fato necessário ser falado sobre esse diário — de pesquisa — é o seu objetivo. Gregori comentou ontem ou anteontem que eu deveria tê-lo, afinal ele mesmo tinha o dele como todo grande pesquisador, ressaltando a importância do registro do meu dia-a-dia nele — também falou que seria bem necessário se algum dia eu quisesse ter uma autobiografia — eu aceitei por insistência de Feodorevna, algo impressionante levando em consideração o quanto ela despreza quase todos os hábitos de um alquimista. E a cá estou, no meio da noite escrevendo com pálpebras pesadas e mãos doloridas, assim irei continuar.

O segundo tópico é que eu sou uma aprendiz de alquimista. Ao contrário do que as pessoas pensam ainda há muitos praticantes de alquimia — voodu — ao redor do mundo mesmo com o avanço tecnológico atual, isso de acordo com Gregori, vulgo tio Rasputin. O fato é que existimos, eles na verdade, já que eu ainda estou num estágio inicial de treinamento, e o que eles fazem é algo que eu parcialmente conheço, pra falar a verdade as únicas “mágicas” que sei fazer é ler livros cansativos e empoeirados sobre botânica milenar e acender incenso.

Outra coisa que eu acho que seria relevante seria meu nome: Anastasia Kara Nikolaevna Romanova, ou simplesmente Anya, é um nome muito grande, eu sei, mas isso é o resultado de se ter sangue russo, mesmo que as únicas coisas que eu sei falar em russo sejam bom dia, obrigado, filho da mãe e Palms on Fire, esse último é uma banda. Eu nasci em Stull Gate e vivo aqui desde que eu me entendo por gente, é um lugar frio que eu particularmente gosto, só do lugar, não das pessoas. Nos meus vinte e um anos de vivência raramente encontrei pessoas nessa cidade com quem eu criasse afeição, há exceções, mas falaremos delas depois. Tirando as pessoas egocêntricas e mesquinhas, a falta de transporte para as áreas mais altas da cidade — meus pés que me digam — e uma única cafeteria — se pensou em Starbucks, acertou — , Stull Gate é um lugar perfeito para se viver.

O quarto e não menos importante fato é, no caso, minha atual realidade. Cursando Ciências Políticas, vivendo em um casarão nos altos da cidade com ninguém a não ser meu tio, aquele tal de Gregori Rasputin que particularmente me mata com o olhar se eu falar seu sobrenome, e minha avó, a velha ranzinza e anarquista Maria Feodorevna. O resto da minha família está enterrado no jardim de trás da casa, o restante seriam meus país, minhas duas irmãs mais velhas e meu irmão menor. Não se sabe ao certo o que ocorreu naquele mês de Dezembro há quinze anos atrás, nada exceto que íamos embora da cidade. Eu não lembro detalhadamente, só lapsos de memória que me vem à cabeça, mas eu não gosto de lembrar disso. Eles não sobreviveram, eu sobrevivi milagrosamente. Foi então que minha avó me abrigou em sua “humilde” casa aonde eu descobri que eu tinha um tio, macumbeiro a parte.

Vivi muito tempo abalada e isolada, acho que por isso criei uma dificuldade em conviver socialmente, mesmo não sendo completamente excluída na escola, eu não tinha muitos amigos de confiança, na verdade, nenhum. Na universidade também não seria diferente, eu pensava, mas não está sento tão ruim. Acho que por sorte ou azar do destino eu o encontrei, algo bem idiota de se pensar, eu sei, mas aquele babaca coreano apareceu na minha vida e constantemente me importunava. Ele conseguia ser incrivelmente irritante e engraçado ao mesmo tempo — como a vida é injusta —, você deve está pensando: então eles se apaixonaram. Sinto lhe informar, mas um dia ele me conhecia e no outro ele mal sabia meu nome.
Antes que você comece o criticar se questionando qual é o problema do babaca coreano, posso dizer que: a) eu já ofendi ele de todas as maneiras possíveis na minha mente — isso logo após de eu saber o motivo desse Alzheimer precoce — b) Sobre o Alzheimer precoce isso só foi um eufemismo para fratura no cérebro para eu evitar dizer (escrever)  “não há chances de ele se lembrar de você”.

Como se pode notar, a minha vida até então é um enredo de mal gosto de uma força superior, mas considerando que as coisas estão melhorando, com coisas digo minha batalha em reconquistar meu status de melhor amiga do tal coreano não-mais-tão-babaca, da minha evolução de aprendiz omega para aprendiz delta e, principalmente, do meu cabelo está ficando menos rebelde a cada dia que se passa, e espero que essas “coisas” continuem a melhorar.

Nota: Espero que Gregori não pegue esse diário, afinal, se ele ver quantas vezes eu usei sarcasmo e a palavra “babaca” com certeza ele vai me rebaixar de nível.

Nota I: Caso você que esteja lendo for o tal “coreano não-mais-tão-babaca”, saiba que seu apelido foi um elogio.

Nota II: This is all, folks.

this is all folks

_________________






anya

21

resistance

the girl who playes
with
dark magic.

robb stark
avatar
Mensagens : 6

Data de inscrição : 24/05/2015

THE RESISTANCE
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Thank You For The Venom — Anya's Diary

Mensagem por Evelyn W. Hearts em Sab Maio 30, 2015 2:55 pm



Atualizado!

Anya K. Romanov ► Aprovado!

Sua história ficou boa, até mesmo interessante de se ler, porém tem um pequeno erro, que deve ter sido um descuido, mas tome cuidado em casos futuros. Boa revelação de segredos.

Por: Evelyn W. Hearts
Made By:  Sweet sz q

_________________

Off With His Head, Love, I'm A Queen.

avatar
Mensagens : 53

Data de inscrição : 22/04/2015

THE EVIL
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Thank You For The Venom — Anya's Diary

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum