Hoffmeister, Ariel - [FP]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Hoffmeister, Ariel - [FP]

Mensagem por Ariel L. Hoffmeister em Seg Abr 27, 2015 7:17 pm


Ariel L. Hoffmeister
Idade
24
Grupo
Princesas
Emprego
Fotógrafa
Nacionalidade
Americana
Photoplayer

Personalidade
Ariel é uma menina doce e gentil, também um tanto motivada, ela sempre corre atrás do que quer e digamos que quando ela quer algo ela realmente corre atrás. Sua paixão por fotógrafia começou quando tinha 16 anos enquanto ela estava na praia e começou a tirar fotos na camera de sua tia e ela completamente amou, e depois comprou vários tipos de cameras e tirou fotos de várias pasiagens mas principalmentes lagos, mares e praias.

Biografía
Eu era tão pequena quando aconteceu, tão jovem, inocente, feliz. Mal eu sabia que aquele dia que havia começado tão tranquilo e bonito podia se torna um tremendo caos que me faria ver as coisas de um modo diferente, viver de um modo diferente. O dia era 24 de Dezembro, quase natal, e como qualquer criança de 9 anos, eu estava animada com fato de ver minha família reunida envolta de uma árvore enfeitada de luzes, bolas cheia de brilho e uma estrela no topo me vendo abrir os presentes desesperadamente por não aguenta esperar o que eu iria ganhar, e naquele ano meu presente seria algo que eu nunca queria.
Desci as escadas desesperadamente e feliz com meu vestido vermelho um pouco natalino, fui até minha sala de estar onde sempre eu abria meus presentes com meus pais mas algo me parou de entrar na sala, um barulho, eu fiquei escondida atrás da porta espiando o que estava acontecendo.

-CALA A BOCA, ELIZABETH! –ouvi meu pai gritar com raiva. –EU SEI QUE VOCÊ ESTA ME TRAINDO! –gritou ele de novo mas dessa vez apontando uma pequena arma para minha mãe.

-Will, não, eu não estou... –mas minha mãe não concluiu suas últimas palavras, um barulho saiu, e meu próprio pai atirou minha mãe na cabeça, eu vi minha mãe cair no chão e o sangue dela se espalhar pelo veludo verde-escuro que era coberto o chão. Senti as lágrimas descerem no meu rosto, fiquei olhando para ela no chão, minha mãe, eu não fiz nada, eu poderia feito, interromper a briga, aparecer assim que ele apontou a arma mas não fiz apenas chorando e vendo tudo acontecer.

Nada acontecia, meu pai ficou olhando minha mãe, chorando, até que ele me notou que eu vê toda a cena ele correu atrás de mim e eu sai correndo, sai de casa, descendo rua abaixo mas meu pai nem sai de casa teve coragem. Continuei correndo e correndo até ir para a  casa da minha Tia Jessie que era irmã de minha mãe, parei em sua porta ainda derramando lágrimas bati na porta meio fraca mas sabendo que ela ia ouvir. Depois de alguns segundos uma mulher de cabelos negros e pele pálida que vestia um short jeans e uma camisa branca larga atendeu a porta, minha tia.

-O que houve, minha querida? –perguntou ela preocupada e me levou dentro me abraçando e depois fazendo nós duas sentarmos no sofá branco de coro que ela tinha.

-Minha mãe... –tentava responder entre soluços. –Meu pai atirou nela. –respondi minha tia que se enchia de lágrimas nos olhos também e depois de me dar um beijo na cabeça ela pegou o telefone e ligou para a polícia.

Enquanto minha tia ligava para polícia, eu ficava sentada no sofá branco chorando, não entendia muito naquela época, eu apenas entendia que minha mãe estava morta, meu pai tinha matado ela e que eu estava pensando o que ia acontecer depois disso, o que ia acontecer com meu pai se ele iria para a cadeia, e se fosse por quanto tempo. Também pensava para a onde minha mãe tinha ido, algum lugar bom, eu gostava de imaginar isso, que ela está agora em um lugar melhor do que estava antes, eu achava que era uma forma de me acalmar em relação sobre tudo isso, me fazia pensar que ela está mais feliz no lugar melhor que estava antes.
Depois de mais algumas horas, esperando a ligação da polícia para ver se acharam meu pai, eu ficava abraçada com minha tia que estava chorando junto a mim, e do nado o telefone toca e minha tinha sai correndo pegar, eu não conseguia ouvir a conversa mas minha tia parecia aliviada, não sei se isso era bom ou não, sinceramente nem sei se era bom meu pai ir preso ou ficar fugindo por ai. Tia Jessie continuava no telefone andando pela casa por um lado e por outro.

-Minha querida, seu pai foi preso, acharam a arma e ele admitiu tudo. –ela disse devagar olhando minhas lágrimas caírem.

-Eu vou ficar com quem? –pergunte mais para mim mesma e Tia Jessie colocou meu cabelo atrás das minhas orelhas e forçou um sorriso.

-Você vai ficar comigo. –falou ela o que me fez dar ela um abraço demorado.



E aqui estou eu, Ariel, com 22 anos vivendo minha vida dia após dia. Eu tentava esquecer isso, por incrivel que parece aquele momento nem vem com tanta frenquência, acho que meu emprego com fotógrafa me mantêm ocupada, eu realmente amava tirar fotos, de qualquer lugar, mas principalmente mares e lagos.  



_________________
Ariel Lahey C. Hoffmeister
The Little Mermaid
♥️
avatar
Mensagens : 3

Data de inscrição : 26/04/2015

THE GOOD
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hoffmeister, Ariel - [FP]

Mensagem por Erick L. Windsor em Qua Abr 29, 2015 3:15 pm


Avaliação

Ariel L. Hoffmeister está Aprovada.

Bem vinda à Storybrooke.


_________________
I've got a burning desire for you, baby. I've got a burning desire for you, baby. I drive fast, wind in my hair. Push it to the limits.
Burning Desire


avatar
Mensagens : 16

Data de inscrição : 29/04/2015

Idade : 24

Localização : Storybrooke

The New
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum